Faça sua pesquisa no InsCer

Prezado pesquisador(a), 

Este documento apresenta uma síntese das etapas comumente envolvidas no planejamento de um estudo com ressonância magnética funcional ou estrutural (em seus diferentes protocolos). Recomendamos que os itens abaixo sejam cuidadosamente contemplados pelos proponentes PREVIAMENTE à apresentação de projetos de pesquisa ao Instituto do Cérebro do RS (InsCer). Cada projeto terá suas particularidades e nem todas informações ou etapas/critérios são necessários.

  • 1) Comissão Científica do INSCER

    Pesquisas realizadas em qualquer das dependências no INSCER devem ser inicialmente submetidas a Comissão Cientifica do INSCER

    A execução, total ou parcial, de projetos de pesquisa de qualquer natureza nas dependências do INSCER deverão ser previamente autorizadas pela Comissão de Pesquisa do INSCER (CC-INSCER). O mérito e pertinência do projeto de pesquisa serão analisados e aprovados pela CC-INSCER, que poderá solicitar encaminhamento do mesmo para análise do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) e Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA), de acordo com a proposta. A autorização para início das atividades do projeto de pesquisa dependerá da aprovação final nas três instâncias, CC-INSCER, CEP e CEUA, conforme for o caso. Tais medidas visam proteção contra possíveis conflitos, danos ou sanções decorrentes de práticas científicas conduzidas de maneira inadequada frente ao Conselho Nacional de Saúde (resoluções 196/96 e 251/97).

    Os projetos de pesquisa do INSCER deverão ser enviados para análise da Comissão Científica via SIPESQ (https://webapp.pucrs.br/sipesq/).  Ao fazer o cadastro no SIPESQ, escolher “Instituto do Cérebro” como a “instituição acadêmica” de vínculo do projeto.

    Todas as abas do SIPESQ devem ser preenchidas

    Link para o Manual do SIPESQ.

  • 2) Natureza dos projetos

    • Projetos com seres humanos ou animais;
    • Projetos que não envolvem seres humanos ou animais (Ex: revisões sistemáticas, e meta análises, outros);
    • Subprojetos de projetos Guarda-Chuva.
  • 3) Documentos obrigatórios

    a) CARTA DE APRESENTAÇÃO E ENCAMINHAMENTO À CC-INSCER, explicitando a natureza do projeto (vide acima)

    b) PROJETO DE PESQUISA

    c) ORÇAMENTO

    d) COMPROVANTE DE FINANCIAMENTO EXTERNO, quando aplicável

    e) CARTA DE CONHECIMENTO DO(A) COORDENADOR(A) OU CHEFE DE SERVIÇO/LABORATÓRIO, conforme a área do projeto e o setor do INSCER envolvidos (organograma)

             - Projetos que envolvam imagem ou o Centro de Imagens: coordenador do Centro de Imagens (organograma)

             - Projetos que envolvam o Centro de Produção de Radiofármacos (CPR): coordenador do CPR (organograma)

    - Pesquisas que envolvam os Laboratórios pré-clínicos (3º andar) – assinatura do Coordenador do Laboratório em questão. A carta deverá ser assinada pelo coordenador do Centro de Pesquisa Pré-Clínica – CPC (organograma), quando o Coordenador do Laboratório for o solicitante.

    - Pesquisas que envolvam o Centro de Pesquisa e Investigação Clinica – CPIC (2º andar): coordenador do CPIC (organograma)

    Na impossibilidade de obter a assinatura dos coordenadores de Centros, a carta de conhecimento deverá ser assinada pelo vice-diretor ou diretor do INSCER.

    f)  CARTA/TERMO DE ANUÊNCIA INSTITUCIONAL – Conforme a resolução nº 580, de 22 de março de 2018, trata-se de um documento de anuência à realização da pesquisa na instituição, que deve conter uma breve descrição das atividades que serão desenvolvidas, a qual deve ser assinada pelo dirigente institucional, ou pessoa por ele delegada, com a identificação de cargo/função e respectiva assinatura.

    No caso das pesquisas que são desenvolvidas nas dependências do INSCER, quem possui representação legal para assinar tal documento são o Diretor ou o Vice-Diretor (organograma) do INSCER.

    Alguns exemplos práticos das respectivas assinaturas:

    • a pesquisa referente ao mestrado ou doutorado de aluno(a) de um dos PPGs da PUCRS, e será realizada somente no INSCER

    Carta de anuência: Diretor ou Vice-Diretor do INSCER

    Carta de conhecimento: Coordenador Técnico do Centro ou Laboratório do InsCer onde a pesquisa será realizada (quando não for ele mesmo o pesquisador responsável).

    • a pesquisa referente ao mestrado ou doutorado de aluno(a) de um dos PPGs da PUCRS, e será realizada no INSCER e em um laboratório de pesquisa de outra unidade da PUCRS (ex:  Escola de Ciências da Saúde e da Vida):

    Carta de anuência: Diretor ou Vice-Diretor do INSCER

    Cartas de conhecimento: uma carta assinada pelo Coordenador Técnico do Centro ou Laboratório do INSCER onde a pesquisa será realizada, e outra assinada pelo coordenador do laboratório vinculado à outra unidade da PUCRS (ex: Escola de Ciências da Saúde e da Vida)

    • se projeto de Mestrado ou Doutorado, anexar Declaração e/ou Ata de Aprovação do projeto pelo PPG correspondente

    g)  Na página dos Comitês de Pesquisa da PUCRS (https://www.pucrs.br/pesquisa/comites/cep/) estão disponíveis os documentos institucionais e legislações pertinentes aplicáveis a estudos com humanos (CONCEP) e com animais (CONCEA), bem como outros documentos e formulários necessários para análise, nessas instâncias, dos projetos de pesquisa após aprovação pela Comissão Científica do INSCER.

  • 4) Arquivos para download

    a) Autorização do Coordenador do Laboratório

    b) Modelo - Carta de Anuência

    c) Modelo - Carta de Encaminhamento

    d) Modelo - Orçamento do Projeto

    e) Roteiro para elaboração do projeto