Força-tarefa de combate à COVID-19

Mais de 50 profissionais e pesquisadores da PUCRS, incluindo docentes da Escola de MedicinaEscola de Ciências da Saúde e da VidaEscola de HumanidadesEscola PolitécnicaInstituto do Cérebro do RS (InsCer), Parque Científico e Tecnológico (Tecnopuc) e do Hospital São Lucas estão mobilizados na busca de soluções para diferentes questões que envolvem a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

O objetivo da iniciativa é promover um apurado posicionamento técnico e científico para o estado do Rio Grande do Sul, frente a todas as incertezas relacionadas ao comportamento da infecção e ao tratamento da patologia do Covid-19.

Algumas das medidas emergentes anunciadas pelo grupo são a disponibilização de estruturas da Universidade, como os laboratórios do InsCer, para diagnósticos moleculares e a busca de diagnósticos mais rápidos e de menor custo, estudos de possíveis fármacos com abordagem computacional e em cultura de células, auxílio ao sistema de telemedicina para o Estado, possível uso de terapias avançadas como terapia celular autóloga e análise através de inteligência geoespacial.

Além disso, o grupo aderiu a um contínuo status de alerta e disponibilidade para discussão de medidas preventivas à população e aos profissionais da saúde, aos estudos de mecanismos celulares e moleculares, além do apoio aos centros de referência nos diagnósticos de casos suspeitos.

Segundo o vice-reitor da PUCRS e coordenador da força-tarefa, Jaderson Costa da Costa, “é chegado o momento de juntos buscarmos estratégias e ações baseadas no conhecimento científico disponível e em pesquisas que desenvolveremos para que resultados a curto prazo possam contribuir para sustar a progressão dessa pandemia e assim proteger nossa sociedade”.

A força-tarefa é composta por grupos de trabalho que atendem a diferentes demandas geradas pela expansão do vírus. Confira os vídeos e saiba como cada um está atuando.

  1. Dados/Inteligência: busca subsidiar estratégias de gestão em health analyctics, por meio de inteligência geoespacial, artificial e plataformas digitais.
  2. Molecular/Experimental: o objetivo é desenvolver uma metodologia mais barata e ágil para detecção do coronavírus, visando atender a grande demanda da área de diagnóstico.
  3. Diagnóstico: visa proporcionar um diagnóstico molecular rápido do novo Coronavírus para apoiar as decisões dos médicos, especificamente, no Hospital São Lucas da PUCRS.
  4. Tratamento: propõe investigar a possibilidade de reposicionamento de fármacos antivirais já conhecidos e que possam auxiliar no tratamento de pacientes com a COVID-19, bem como avaliar a terapia com células tronco: etapa in silico/in vitro, etapa com células tronco e Estudos/Ensaios Clínicos.
  5. Terapia celular: o objetivo principal é a realização de um ensaio clínico fase I em curto prazo para a padronização, segurança, factibilidade e eficácia do transplante autólogo de células-tronco da medula óssea em pacientes infectados pelo Coronavírus, internados no Hospital São Lucas, que venham a desenvolver sintomas respiratórios agudos graves. Composto por professores e pesquisadores com experiências nas áreas de terapia celular, biologia celular e molecular, radiologia e respirologia, o grupo está comprometido com o desenvolvimento de estratégias inovadoras e terapêuticas, através de uma metodologia eficaz e segura de terapia avançada como uma ferramenta para o tratamento de pacientes infectados que não respondam às terapias convencionais. Em um outro segmento dentro do grupo, será construída uma plataforma de ensaios in vitro para a investigação dos principais mecanismos e o estudo do desenvolvimento de possíveis sequelas causadas pela Covid-19.
  6. Atendimento remoto médico/saúde mental: busca conectar profissionais da saúde mental para atender voluntariamente quem está na linha de frente contra o Covid-19.
  7. Labs Tecnopuc IDEIA: desenvolve prototipagem e equipamentos para proteção individual (EPIs), tais como máscaras, válvulas e componentes dos respiradores além de outros modelos de equipamentos voltados aos profissionais da saúde.
  8. Impacto nas crianças: o objetivo deste grupo é estudar o impacto do COVID e da quarentena em aspectos cognitivos e comportamentais das crianças, com especial interesse nas crianças com transtornos do desenvolvimento, durante a pandemia e após. O grupo é constituído por neurologistas infantis, psiquiatras, psicólogos, educadores. As atividades previstas versam sobre projetos de pesquisa que serão desenvolvidos em diversos temas, que vão desde pesquisas a nível molecular e de marcadores de estresse, a questões de influência no sono, alterações acadêmicas e comportamentais.
  9. Cérebro e Covid-19: avaliação neurológica, neuropsicológica, estrutural e funcional do cérebro de pacientes acometidos por infecção grave pelo Covid-19
  10. Startups: visa acompanhar as ações e projetos envolvendo o COVID-19 das startups localizadas no Tecnopuc.
  11. Idosos e Covid-19: avaliar a situação social, grau de dependência, situação de fragilidade, parâmetros nutricionais, aspectos emocionais, e o manejo das doenças crônicas durante a pandemia e os impactos da restrição social em idosos. Através do Instituto de Geriatria e Gerontologia (IGG) e de uma equipe multidisciplinar de pesquisadores da PUCRS, busca identificar idosos com maior suscetibilidade para desenvolver infecções graves através de diversos parâmetros sociodemográficos, além de biomarcadores celulares e moleculares.

Conheça os integrantes dos grupos:

Coordenação: Jaderson Costa da Costa

  • Dados/Inteligência (Regis, Brito e Rafael)
  • Everton Quadros
  • Eliete Hauser
  • Guilherme Brito
  • Regis Lahm
  • Rafael Prikladnicki
  • Miriam Richardtz
  • Andressa Silva
  • Nathalia Esper
  • Lori Viali
  • Márcio Pinho

 

  • Diagnóstico (Saulo)
  • Saulo Bornhorst
  • Ana Ligia Bender
  • Clarice Alho
  • Ana Paula Duarte
  • Samuel Greggio
  • Francieli Pedrotti Rozales
  • Mariana Pagano Pereira
  • Terezinha Munhoz

 

  • Molecular experimental (Daniel)
  • Denise Cantarelli
  • Gabriele Zanirati
  • Angela Zanatta
  • Guilherme Silva Costa
  • Fernando Xavier
  • Matheus Grahl
  • Simone Denise Salamoni
  • Daniela Souza de Abreu
  • Ricardo Vaz Breda
  • Gabriela Urbanski Avila

 

  • Etapa in silico/in vitro (Allan, Matheus e Osmar)
  • Felipe Rodrigues
  • Isadora Ghilardi
  • Matheus Grahl
  • Guilherme Brito
  • Allan Alcará
  • Osmar Norberto de Souza
  • Ana Paula Perin (UFRGS)
  • Rodrigo Braun (UFCSPA)
  • Maurício Rigo
  • Carlo Moro

 

  • Etapa in vivo (Gabriele)
  • Gabriele Zanirati
  • Pamella Azevedo
  • Gianina Venturin
  • Samuel Greggio
  • Angela Zanatta
  • Daniel Marinowic
  • Bruno Hochhegger
  • Matheus Grahl

 

  • Clinical trial (Nathalia e Graciane)
  • Jaderson Costa da Costa
  • Graciane Radaelli
  • Bruno Hochhegger
  • Fabiano Ramos
  • Nathalia Esper
  • Fernanda Majolo
  • Guitierre Oliveira

 

  • Saúde mental (Rodrigo)
  • Carla Bonan
  • Jaderson Costa
  • Rodrigo Grassi de Oliveira
  • Christian Kristensen
  • Maurício Reggiori
  • Thiago Viola
  • Felipe Meneguzzi

 

  • Labs Tecnopuc IDEIA (Jorge Audy)
  • Jorge Audy
  • Saulo Bornhorst
  • Rafael Prikladnicki
  • Leandro Firme
  • Denis Barbieri
  • Eduardo Giugliani
  • Ana Von Berger
  • Filipe Viana
  • Janete Urbanetto
  • Flavia Fiorin

 

  • Idosos (Douglas)
  • Douglas Sato
  • Denise Machado
  • Maria Helena da Silva Pitombeira Rigatto
  • Moisés Evandro Bauer
  • Iná da Silva dos Santos
  • Ângelo José Gonçalves Bós
  • Gisele Hansel
  • Paula Engroff

 

  • Impacto nas crianças (Magda)
  • Magda Nunes
  • Felipe Kalil
  • Luís Eduardo Wearick
  • Danielle Costa
  • Gibsi Rocha
  • Augusto Buchweitz
  • Rodrigo Grassi
  • Thiago Viola

 

  • Cérebro/Neuro (Mirna e Nathalia)
  • Mirna Portuguez
  • Ricardo Soder
  • Eduardo Leal-Conceição
  • Nathalia Esper
  • Zaquer Costa Ferro
  • Wyllians Borelli
  • Daniel Marinowic
  • Fabiano Ramos
  • David Kerber

 

  • Startups (Flávia)
  • Flávia Fiorin
  • Leandro Pompermaier
  • Rafael Prikladnicki
  • Carlos Klein